27 de fev de 2012

Cada Passo uma Lacuna . Cada um uma vivência !

Hoje eu caminhei sem rumo, sabe, andei sem compromisso de chegar e sem hora pra voltar, notava coisas que nunca antes tinham me chamado a atenção, como a árvore que não balançava, o pássaro que seguia o outro numa espécie de brincadeira de criança, sinceramente eu vi que hoje eu estava ali no meu corpo mesmo, que meu pensamento não estava tão longe como parecia, assim pude perceber que eu não tinha sido eu mesmo nesses últimos dias e que meu pensamento estava apenas no trabalho e nas reponsabilidades que me atribuiram ao longo da minha vidinha parada e monótona.
Os casais vão se formando, a grama antes vem cortada que preenchia as praças da cidade estão novamente pela metade devido ao tempo e aos nossos maus cuidados, nessa minha caminhada, a cada passo dado eu sentia uma dor forte que ia aumentando cada vez mais, pareciam, na verdade dias perdidos, dias em vão, um passo e uma lacuna na vida, assim eu definia meus passos, como dias sem produção, vinham pensamentos ridículos como "será que um dia eu vou casar?" ou "será que meu ideal está realmente certo?", então relaxei, afinal o tempo tava passando e eu ali pensando, como eu venho fazendo a anos, só pensando, sem ação, sem metas, sem prazos, sem objetivos, se existe alguém que está se identificando com esse texto acorde, isso não é o certo a fazer.

2 comentários: